O poemeiro – Quem planta, colhe poemas

Buscando unir o estudo dos gêneros textuais, vistos em sala de aula, com o dia a dia das crianças, o CEI Mirassol vem dando seguimento ao “Poemeiro”, uma “árvore nutrida e regada por poemas” que tem como objetivo despertar, na comunidade escolar, o gosto pela literatura e pela liberdade da escrita poética. Nesse projeto, a cada mês, uma turma do Fundamental I (do 2º ao 5º ano) expõe suas produções autorais. (Por Nara Rodrigues, Jornalista da agência Mais Comunicação.)

E no último dia 02 de setembro, durante a Hora Cívica do Ensino Fundamental I, aconteceu a “entrega” do Poemeiro, do mês de setembro, das turmas do 5º ano para o 4º ano. De modo bastante significativo, uma aluna, representando o 5º ano, entregou um poema para a colega do 4ºano, que agora é responsável por “alimentar” o nosso poemeiro (no turno matutino, a aluna Clara 5AM entregou para a aluna Annita 4AM e, no turno vespertino, a aluna Flora 5AV entregou para  Zoe 4AV). Na ocasião, fizemos uma reflexão sobre o modelo adotado em nossa escola, baseado no poema de Rubem Alves.

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.
Rubem Alves


Links relacionados

Esta entrada foi publicada em Fotos, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>